PRODUÇÃO

A discussão sobre produção abordou vários temas, desde as atividades produtivas nas unidades de conservação, até a sua comercialização e questões de mercado. Os problemas foram tratados de uma forma geral e não especificadamente por unidades de conservação presentes. Também, foi discutida a importância de capacitação e assistência técnica em todas as etapas do sistema produtivo e comercialização.

 

Além disso, houve destaque em três assuntos: primeiro, a necessidade de criação de políticas públicas para a produção de produtos florestais não madeireiros; segundo, uma preocupação com questões fundiárias e a vantagem de viver e produzir dentro de unidades de conservação (por exemplo, participaram deste grupo, representantes de áreas ainda não regularizadas no sul do Estado do Amazonas no município de Apuí); e terceiro, a preocupação da elaboração de planos de manejo, necessários para a comercialização.

Problemas

  • Falta de plano de manejo de uso múltiplo
  • Falta de organização de produção
  • Queimadas e desmatamentos na área/reserva
  • Falta de incentivo para produção
  • Ameaça de exploração clandestina de recuros
  • Dificuldades em armazenagem
  • Falta de tecnologias em beneficiamento
  • Falta de capacitação de mão-de-obra
  • Falta de assistência técnica
  • Preços baixos por produtos oferecidos no mercado
  • Produtos sem beneficiamento
  • Qualidade que não atende o mercado
  • Escoamento da produção (falta de transporte)
  • Falta de equipamentos/tecnologias

Resoluções

  • Produção com plano de manejo de uso múltiplo
  • Intercambio de experiências de manejo
  • Organização da produção
  • Organização da comunidade em atividades produtivas
  • Comercialização coletiva da produção
  • Levantamento da produção potencial entre comunidades
  • Priorização de produtos potenciais
  • Diversificação da produção visando geração de renda ao longo de todo o ano
  • Políticas públicas para produtos florestais não-madeireiros
  • Ordenamento do uso pesqueiro para agregar valor ao produto
  • Capacitação para melhorar a qualidade de produtos
  • Emprego de tecnologias adequadas
  • Assistência técnica para novas tecnologias para produtos extrativistas
  • Troca de experiências entre comunidades
  • Treinamentos adequados as novas tecnologias
  • Assistência técnica habilitada
  • Capacitação em planos de manejo
  • Busca de qualidade de produção via tecnologias adequadas
  • Estudo prévio do mercado para produtos regionais, incluindo estudos econômicos e sócio-ambientais
  • Marketing de produtos (ex: divulgação, promoção)
  • Selo de qualidade e/ou certificação para agregar valor
  • Políticas públicas para a promoção de produtos extrativistas
  • Equipamentos específicos para o beneficiamento na própria unidade de produção
  • Melhoria das estradas
  • Transporte adequado à produção

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: