Conheça o Conselho Nacional dos Seringueiros

O Conselho Nacional dos Seringueiros (CNS) é uma organização de âmbito nacional que representa trabalhadores agroextrativistas organizados em associações, cooperativas e sindicatos. Seu conselho Deliberativo é formado por 27 lideranças de diferentes segmentos agroextrativistas de todos os estados da Amazônia.

São seringueiros, coletores de castanha, açaí, cupuaçu, quebradeiras de coco babaçu, balateiros, piaçabeiros, integrantes de projetos agroflorestais, extratores de óleo e plantas medicinais.

O que os une é a luta pela melhoria da qualidade de vida, uso sustentável dos recursos naturais da Floresta Amazônica e pelo direito à terra. A meta é a organização dos povos da floresta, tanto por meio da denúncia dos efeitos negativos do desenvolvimento sobre o meio ambiente, quanto da influência sobre as políticas públicas regionais e nacionais.

COMO SURGIU O CNS

O CNS nasceu em outubro de 1985, durante o 1º Encontro Nacional dos Seringueiros, realizado na Universidade de Brasília. Resultou do incansável trabalho de Chico Mendes à frente dos empates às derrubadas no Acre e da soma de iniciativas e esforços em defesa da floresta e da reforma agrária que estavam ocorrendo em diferentes cantos da Amazônia. Cresceu e passou a articular e representar todos os trabalhadores agroextrativistas, reivindicando seu direitos como legítimos defensores da floresta, pois conhecem seu valor e significado.

PARTICIPAÇÃO DAS MULHERES

A participação das mulheres no CNS é fundamental. A atual Diretoria-Executiva conta com uma Secretaria da Mulher Trabalhadora Extrativista Rural, que desenvolve atividades de treinamento e seminários para a formação de lideranças femininas nos seguintes temas básicos: Gênero e Proteção ao Meio Ambiente, Gênero e Agricultura Familiar, Gênero e Lideranças, e Gênero e Direito da Mulher.

O Projeto “A Bagagem das Mulheres da Floresta” é um dos maiores sucessos do Conselho e fortaleceu o trabalho das mulheres bem como a parceria com o Ministério da Saúde. Neste projeto estão sendo capacitadas dezenas de lideranças em saúde de mulher, prevenção de DST/Aids e planejamento familiar.

O CONSELHO HOJE

Com muita luta e persistência foram criadas 50 reservas extrativistas e um total de mais de 700 Unidades de Conservação na Amazônia legal e mais estão no processo de legalização. Em 2005 se reuniram mais de 400 lideranças em Manaus para comemorar os 20 anos do Conselho Nacional dos Seringueiros e desenvolver estratégias para enfrentar os desafios que estão na frente. Aqui vamos apresentar os vários témas e demandas do CNS. Fiquem atentos, companheiros e companheiras!

3 Respostas to “Conheça o Conselho Nacional dos Seringueiros”

  1. Samarah MOtta Says:

    Sou acreana e sou estudante de Direito em Minas Gerais.Gostaria de saber como está atualmente a atividade extrativista, no Brasil e especificamente no ACre.Se hoje é uma atividade que ainda gera lucros e a media de trabalhadores.

    Atenciosamente,

    Samarah Motta

  2. Viviane vasconcelos Says:

    sou muito interessada pelo trabalho em reservas extrativistas. como faço para me inteirar minha experiencia junto Às reservas.

  3. Viviane vasconcelos Says:

    Acredito muito no trabalho do Manoel Cunha, e toda sua equipe. Os conheço e é bom saber que eles continuam vencendo essas fragilidades que se encontra no contexto de extrativismo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: